Especiaria picante e levemente adocicada, semelhante à pimenta-rosa, o zimbro é um frutinho roxo e redondo utilizado na européia, especialmente na escandinava. É a única especiaria que pertence à família dos pinheiros. Sua árvore possui até 5 metros de altura e cresce nas zonas temperadas da Europa e da Ásia. O nome latino da planta iuniperus é de origem incerta, possivelmente celta. Nas línguas anglo-saxãs, o nome está relacionado a árvores, carvalho, força e verdade. Antigamente acreditava-se que o zimbro afastava energias negativas. Conta-se, também, que José e Maria teriam se abrigado sob ramos de zimbreiro para fugir do rei Herodes. Além de 32% de açúcares e 10% de resina, seu uso é devido ao óleo essencial em concentrações que variam entre 0,2 e 2%, dependendo de sua origem.

Uso

O zimbro é tradicionalmente utilizado nas cozinhas da Escandinávia, do centro da Europa e do sul da Alemanha para temperar em conserva, juntamente com o kümmel e o louro. Seu picante e adocicado vai bem com pesadas e de caça, como antílope, perdiz e javali. Use-o também em marinados, patês e batatas. É essencial para a aromatização da genebra e de outros destilados, como o gin inglês. Como , pode ser aplicado a e em geral. Como aromatizador, usado em cervejas e gim. Muito utilizado em tradicionais da Europa central, como o chucrute, onde o repolho fermentado é temperado com junípero, kümmel e louro e permanece em conserva para realçar os sabores da mistura antes de ser consumido como ou acompanhamento.

Comprando

Encontrado em pequenas embalagens ou a granel, nos grande supermercados, empórios ou mercados municipais. O zimbro de melhor qualidade é o proveniente do sul da Europa.

Conservando

Guarde as embalagens bem fechadas em local seco, arejado e ao abrigo da luz.

Combinando

Pimenta preta, louro e manjerona.

Preparando

Esmague ou amasse os frutos no momento em que for utilizá-los. Dessa forma eles liberam mais aroma.

Dicas

Respeite a quantidade solicitada nas receitas, pois seu sabor é muito forte e prejudica o resultado do quando em excesso. Os cones de junípero devem ser esmagados imediatamente antes de sua utilização. Embora inócuos para pessoas com saúde, seu uso é desaconselhado para pessoas com problemas nos rins ou gestantes.

Uso Medicinal

O fruto tem propriedades adstringente, anti-séptica, calmante, digestiva e diurética. Observação importante: Qualquer uso terapêutico deve sempre ser acompanhado por um médico.

Prejudica

Não deve ser ingerido por gestantes e lactantes por conter componentes tóxicos.

[ad#small-square]