Originária do sul da Europa, arbusto com até 45cm de altura, com folhas verdes-escuras e serrilhadas, a salsa é uma das mais utilizadas no mundo. Seu é suave e agradável. Era usada pelos gregos em cultos religiosos e para coroar os vencedores de jogos.

Uso

Pode ser usada em quase todos os tipos de alimentos. Picada para dar ou inteira para decorar pratos.

Comprando

É comercializada fresca (em maços) ou seca. A erva seca é menos aromática.

Conservando

A salsa fresca, embalada em saco plástico, pode ser conservada em geladeira por uma semana. Congelada a salsa dura até 6 meses. Pode ser congelada inteira ou picada. Depois de lavada e bem seca, guarde-a em saco plástico, retire o ar da embalagem e leve ao freezer. Quando for utilizar, retire a apenas a quantidade que considera necessária, não esquecendo de tirar o ar da embalagem novamente. A salsa seca pode ser conservada em embalagem hermetica, guardada em ambiente seco e fresco.

Combinando

Compõe o famoso brasileiro – cheiro verde. Ingrediente fundamental do tabule (salada típica do ). Combina com batata, arroz, ovos, saladas, ensopados, massas, sopas, , carnes e em geral.

Preparando

Lave suas folhas em água corrente, e deixe-as de molho em solução anti-séptica. Ela pode ser usada inteira ou picada (bem miudinho).

Dicas

O aroma da salsa se perde no calor, assim não deve ser cozida por muito tempo. Fazer fricção com salsa picada nas mãos tira o cheiro de alho.

Uso Medicinal

Horta em Casa Rica em vitaminas A e C, alivia o mau hálito e promove o enriquecimento da pele. Com uso moderado, é indicada no tratamento de inflamações das vias urinárias, cálculos renais, retenção de líquidos e distúrbios menstruais. Observação importante: Qualquer uso terapêutico deve sempre ser acompanhado por um médico.

Ajuda

Ajuda na digestão.

[ad#small-square]