Nome inglês para a pimenta-da-jamaica. Uma frutinha muito saborosa, misto de cravo, canela e noz-moscada. Usada em pó, é tempero e versátil, que valoriza salgados ou doces, bolos ou pães. Especialmente indicada para sopas, ensopados, de panela, molhos, bolos de frutas e bebidas quentes, tipo grog.

Uso

Seu lembra uma mistura de cravo, canela e noz-moscada. Os grãos inteiros são usados para condimentar marinadas, patês, embutidos, sopas, molhos, picles, , vinagres e bebidas. A pimenta-da-jamaica branca é ideal para brancas, maioneses e molhos brancos, por ser mais suave. A preta é indicada para vermelhas e marinadas. A pimenta moída serve para aromatizar bolos, biscoitos, pudins, , sopas e molhos. Na caribenha, esta pimenta com relacionado ao do cravo é largamente utilizada. Carnes são normalmente recheadas com as folhas desta planta e assadas com a madeira. São também feitas pastas combinando a pimenta jamaica com cebola e outros tipos de pimenta para marinar carne de frango ou de porco antes de assá-las. Na Inglaterra e nos Estados Unidos é utilizada em caldos, molhos e para temperar de vegetais, juntamente com sementes de mostarda branca. Na culinária asiática não é um muito aceito, apesar de ser utilizado algumas vezes no preparo do curry.

Propriedades

Anestésico, antioxidante, anti-séptico, aromático, tônico digestivo, tônico estomacal.

[ad#small-square]